quarta-feira, 1 de junho de 2011

Alguns conceitos novos em questão de família.

(Estou aprendendo agora)




Família Mosaico - o termo em meus conceitos novo, porem o fato é conhecido. De acordo com Rosana Ferreira, (16 de maio 2009, terra. Com) “Família mosaico é o retrato do século XXI”:




Com a mulher dona do seu próprio nariz, a liberdade para se divorciar e, conseqüentemente, ter outros casamentos, um novo organograma das famílias está em franco crescimento. Agora é comum ouvir o "marido da mãe", a "mulher do pai", os "filhos do marido", os "filhos da mulher do pai", o "irmão por parte de mãe" e por aí vai. Uma rede de parentes e meio-parentes que lembra um patchwork ou, para citar um termo usado pelos especialistas, família mosaico.





• família casulo: aquela que se fecha em si mesma. Ela se basta.



• família Disneylândia: aquela que se reúne, principalmente com o grupo familiar maior, só em situações de festas.



• família clube: aquela que busca nas relações familiares somente um local para relaxar. Os membros dessa família não se envolvem em nada, não se preocupam, por exemplo, em pagar as contas da casa.



• família moderna: aquela onde há cooperação entre os membros. É o modelo de família que se encontra em maior número no Brasil atual.



• família tradição: é o modelo em que a figura do pai ainda é a mais importante. O pai manda e os filhos obedecem.



• família monoparental: chefiada por um dos cônjuge por razão de ausência do outro.



• família extensa: modelo em que moram todos juntos, ligados por vínculos consangüíneos



• família reconstituída: modelo em que têm-se por base uma nova união. Exemplo: Pai separado com filho casa-se com uma mulher que também já tem um filho.



• família aberta: são famílias abertas a qualquer tipo de relacionamento. Exemplo: Pais que aprovam que a filha more com namorado em casa. Tudo depende do tipo de relacionamento existente entre os membros.



• família invisível: aquela que fala que é mas não é. É o modelo de família de fachada. Nesse exemplo, não há relacionamento entre eles.



• família nuclear: É o modelo padrão, formado por pai, mãe e filhos. Segundo o IBGE, esse é o modelo hegemônico da sociedade brasileira.



• família fragmentada: Nesse modelo, o genitor mora com avó ou avô da criança, integrando numa mesma casa três gerações.



• família parceira: tipo de família formada por vínculos afetivos em função de um empreendimento. Nesse modelo, não há vínculo consangüíneo.